Home / Comunicação

Notícias

Home / Comunicação

Notícias

Clipping – O Dia Online Campos dos Goytacazes – Theo e Helena são os nomes mais registrados em Campos no ano de 2021; veja lista

Compartilhe está notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Theo e Helena são os nomes mais registrados em Campos no ano de 2021; veja lista

 

Nomes simples, curtos e bíblicos começam a se mostrar tendência em período que teve Theo e Helena na liderança pelo segundo ano consecutivo no paísO ranking dos nomes mais registrados mostra importantes variações em sua trajetória, tendências culturais de dentro e de fora do país.Foto: Reprodução.

 
 
 
 
 
 
 
CAMPOS – Nomes simples, curtos e bíblicos estão na moda em 2021. Esta foi a tendência observada pelos Cartórios de Registro Civil de Campos dos Goytacazes, responsáveis por registrar os nascimentos dos quase 8 mil bebês neste ano. Embora pelo segundo ano consecutivo Theo, com 129 registros entre os homens, e Helena, com 95 entre as mulheres, sigam na liderança entre os mais escolhidos, um novo rol de preferidos começa a se destacar na nova geração de brasileirinhos.

É o caso de Lavínia, que em 2018 não figurava na lista dos 50 nomes mais escolhidos e, em 2020, passou a ocupar a 40ª posição da lista oficial dos Cartórios campistas, em 2021 está entre os 10 nomes mais escolhidos entre as meninas. O mesmo se aplica a Ravi, que não aparecia no ranking dos 50 nomes mais registrados em 2019 e nem em 2020, e surgiu em 11º lugar em 2021. No ranking do TOP 10, Gael superou seus concorrentes Arthur e Miguel e se firmou na segunda colocação. Novas tendências como Heitor, Lorenzo e Pietro começam a aparecer na lista dos 50 mais entre os meninos.

Entre as mulheres se observa o aparecimento de nomes como Antonella e Agatha despontando na lista dos 50 mais. Preferência entre os campistas, Helena segue à frente entre os mais escolhidos, seguido por Alice, Liz e Maite. Despontando como novidades, os dados apontam como tendência, nomes femininos como Aylla, Isis e Eloa.

Os dados completos catalogados pelos Cartórios brasileiros integram o Portal da Transparência do Registro Civil (https://transparencia.registrocivil.org.br/inicio), administrado pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), que reúne a base de dados de nascimentos, casamentos e óbitos registrados pelas unidades presentes em todas as 5.570 cidades brasileiras. Na plataforma é possível realizar buscas ano a ano em todo o território nacional, em regiões, estados e municípios, possibilitando ainda recortes por nomes simples e compostos.

“O ranking dos nomes mais registrados mostra importantes variações em sua trajetória, tendências culturais de dentro e de fora do país. A escolha por nomes bíblicos, por sua vez, possa ter relação com o período difícil pelo qual passamos em relação a Covid-19. Talvez muitos pais tenham acentuado seus desejos de esperança em dias melhores no significado dos nomes de seus filhos”, avalia Humberto Monteiro Costa, presidente da Arpen/RJ.

Mudança de nome

Apesar do nome ser regido pela regra da imutabilidade, ou seja, deve se manter inalterado para segurança das relações jurídicas, existem exceções em lei onde a alteração é possível. Ela pode ser feita em Cartório, até um ano após completar a maioridade – entre 18 e 19 anos – sem qualquer motivação -, desde que não prejudique os sobrenomes de família. Também é possível a correção de nome quando for comprovado erro evidente de grafia no registro.

No caso de pessoas transexuais, a mudança do nome pode ser feita em Cartório, sem a necessidade de prévia autorização judicial, apenas com a confirmação de vontade do indivíduo. As demais alterações, como exposição do nome ao ridículo ou proteção a testemunhas só podem ser feitas por meio de processo judicial.

Já a inclusão do sobrenome, pode ocorrer nos casamentos, nos atos de reconhecimento de paternidade e maternidade – biológica ou socioafetiva -, e nos casos em que os pais de filhos menores constatam, em conjunto, que o registro original não reflete todas as linhagens familiares. Já a retirada ou alteração do sobrenome pode ser solicitada pela pessoa viúva, mediante a apresentação da certidão de óbito do cônjuge.Veja a lista completa abaixo.

 
10 nomes mais frequentes em Campos

Theo – 129
Gael – 110
Arthur – 107
Miguel – 95
Helena – 95
Alice – 85
Bernardo – 82
Gabriel – 77
Heitor – 75
Antonella -74

10 nomes masculinos mais frequentes

Theo – 129
Gael – 110
Arthur – 107
Miguel – 95
Bernardo – 82
Gabriel – 77
Heitor – 75
Davi – 73
Samuel – 64
Lorenzo – 61

10 nomes femininos mais frequentes

Helena – 95
Alice- 85
Antonella -74
Liz -69
Maite – 59
Maria alice – 58
Laura- 50
Sophia- 49
Agatha- 39
Lavínia- 38

 

 

Fonte: O Dia Campos dos Goytacazes

Compartilhe está notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
marca-arpen