Home / Comunicação

Notícias

Home / Comunicação

Notícias

Presidente do TJRJ destaca importância da Semana Nacional do Registro Civil

Compartilhe está notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Evento será realizado entre os dias 9 e 11 de maio, no Fórum Central
 

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), desembargador Ricardo Cardozo, destacpu a importância da Semana Nacional do Registro Civil – Registre-se! para a população em situação de rua. O evento será realizado entre os dias 9 e 11 de maio, no Fórum Central, com o objetivo de atender a população de rua, que está sem documentação. A meta é atender cerca de 500 pessoas por dia.

 

“Este evento é essencial para assegurar que aqueles que se encontram sem documentação possam regularizar sua situação e desfrutar plenamente dos seus direitos como cidadãos. A falta de documentos básicos, como a Certidão de Nascimento, dificulta o acesso a vários serviços e benefícios proporcionados pelo governo. Será uma ótima oportunidade para quem precisa recuperar ou adquirir esses documentos gratuitamente e com o suporte de diversos órgãos públicos”, enfatizou o presidente.

 

A Semana Nacional do Registro Civil – Registre-se! é organizada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), um resultado do trabalho idealizado pelo corregedor nacional de Justiça, ministro Luis Felipe Salomão, que une a experiência dos tribunais de Justiça e dos tribunais regionais federais para assegurar a emissão de documentos.

 

“O projeto traz reflexos concretos no cotidiano daqueles que dependem diariamente da atuação estatal para condições mínimas de dignidade e existência”, destaca Salomão. 

 

A iniciativa conta com a parceria da Corregedoria Geral da Justiça (CGJ). De acordo com juiz auxiliar da CGJ Sandro Pitthan Espindola, a expectativa é fazer com que a população que está sem a documentação básica, começando pela Certidão de Nascimento, aproveite essa oportunidade. 

 

“Tem diversas pessoas que possuem o registro, mas perderam a certidão ou pessoas que equivocadamente, acham que a DNV (Declaração de Nascido Vivo) recebida na maternidade já é o registro de nascimento. Enfim, essa é uma oportunidade para recuperar os documentos”, explica o juiz.

 

O magistrado aponta ainda que são inúmeros os motivos que fazem com que as mães não registrem seus filhos, como, por exemplo, a ausência de pai, falta de documentação por parte da mãe, dificuldades financeiras, entre outros. “As pessoas ainda pensam que o Registro Civil é pago. Este serviço é totalmente gratuito”, ressalta o juiz.

 

O Registro Civil é o primeiro passo para que o cidadão tenha todos os demais documentos e que possa participar de benefícios concedidos pelo governo. A Semana Nacional do Registro Civil – Registre-se, que acontece nos dias 9, 10 e 11 de maio, das 8h às 13h, na Praça do  Expedicionário, no Beco da Música, ao lado do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, no Centro,  conta com o apoio de vários órgãos e vai oferecer a população serviços gratuitos como: emissão de 2ª via de Certidão de Nascimento, Casamento e Óbito, Carteira de Identidade, CPF, Certificado de Reservista, Título de Eleitor, CadÚnico, e Cadastro Nacional de Informações Sociais  (CNIS), entre outros.”

 

Também participarão o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ), Tribunal Regional Federal (TRF-2), Governo do Estado, Prefeitura do Rio, Detran-RJ, Associação dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen) e a Pastoral do Menor.

 

Fonte: TJRJ

Compartilhe está notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin