Home / Comunicação

Notícias

Home / Comunicação

Notícias

Servidora trans se aposenta com base no gênero do registro civil em SC

Compartilhe está notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Caso de médica da prefeitura de Itajaí pode gerar precedente para administração pública

 

O Diário Oficial do Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina publicou nesta segunda-feira (10) a aposentadoria de uma servidora da prefeitura de Itajaí, município no norte do estado, que fez a transição do gênero masculino para o feminino.

 

A servidora, uma médica da prefeitura, pediu que as regras seguissem os critérios para mulheres, cuja idade mínima para aposentadoria é de 62 anos, contra 65 no caso dos homens.

 

No ano passado, o TCE-SC já havia decidido aceitar o pedido da servidora, mas a análise técnica feita pela Diretoria de Atos de Pessoal da corte só agora foi concluída, finalizando o processo.

 

Há uma expectativa de que o caso sirva de precedente para outras decisões semelhantes relacionadas a servidores públicos pelo Brasil.

 

No ano passado, a decisão foi ironizada pelo então deputado estadual Kennedy Nunes (PTB). “Você que é homem, quer se aposentar mais cedo? Vira trans”, disse, em vídeo publicado em suas redes.

 

Fonte: Folha de S.Paulo

Compartilhe está notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin